sábado, 4 de outubro de 2008

De olho nos fatos



A Harpa Cristã completa no final deste ano, 86 anos de referência.



A primeira edição foi lançada em 1922, na Assembléia de Deus em Recife (PE), com hinos para o culto público, Santa Ceia, batismo, casamento, apresentação de crianças, funeral, entre outros. No início a igreja utilizava o hinário Salmos e Hinos, usado por outras igrejas evangélicas históricas. Em 1921, os pioneiros da AD decidiram criar um hinário destacando a doutrina pentecostal da denominação.

Foi criado, o Cantor Pentecostal, sob orientação editorial de Almeida Sobrinho, com 44 hinos e dez corinhos. A primeira edição da Harpa Cristã, em 1922, teve tiragem de mil exemplares. A Segunda, foi em 1923 e tinha 300 hinos. Já em 1932, a Harpa contava com 400 hinos.


A primeira com letra e música só foi elaborada em 1937. No decorrer dos anos foram acrescentados mais hinos, totalizando 524. Em 1999, foi a sua última ampliação, recebendo mais 116 belos hinos.O hino Se Cristo comigo vai (515) foi traduzido pela missionária Frida Vingren como resposta à oração do missionário Gunnar Vingren, ao receber uma carta, de Paulo Leivas Macalão.

Na carta, ele solicitava o envio de um obreiro para ajudar na obra pentecostal no Rio de Janeiro. Isso em 1923. Ele orou e o Senhor lhe falou que seria ele, o obreiro. Daí então ouviu sua esposa cantar esse hino que acabara de traduzir e que era a resposta de sua oração: “Se Cristo comigo vai, eu irei. E não temerei...” E em 1924, o casal desembarcou no Rio de Janeiro para fundar a Assembléia de Deus fluminense.


Uma mulher que faz parte da história da Harpa Cristã, é a missionária sueca Frida Vingren . No Brasil, acompanhando o marido, o missionário Gunnar Vingren, ela se dedicou à música, compondo e traduzindo cerca de 20 hinos de grande valor espiritual enriquecedores.

Entre eles está, Deixa entrar o Espírito de Deus (85), Uma flor gloriosa (196) e Se Cristo comigo vai (515).





Fonte:CPAD



Unidos pela paz 2 ----- Pr. Benedito Ribeiro

<

Nenhum comentário: